FALE COM A NONA  
Somos uma igreja adoradora, bíblica, contemporânea, intercessora
missionária e receptiva para a glória de Deus


Consumir para Viver ou Viver para Consumir?
Será que o materialismo e o consumismo têm falado mais alto na sua vida? Leia e reflita.

O materialismo é a idéia de que a felicidade se encontra na realização material, através dos bens. O consumismo é mais que isso, pois além se ser uma promessa de felicidade através dos bens, do prazer obtido por meio dos sentidos (olfato, paladar, tato, visão, audição), traz consigo um elemento de poder: “eu posso comprar!” O poder do cartão de crédito nos leva a gastar algo que ainda nem recebemos, e muitas vezes o fazemos para usufruir do poder de, pelo menos por alguns momentos, tornar nossos servos aqueles que nos vendem alguma coisa. Por mais que não se perceba, a compra é um exercício de poder no qual cada consumidor tem a oportunidade de se sentir um rei.

É bem verdade que o consumo, ou o mundo material, não é um mal em si. O cristianismo condena os excessos na negação (asceticismo - leia 1 Tm 4), mas não deixa de orientar sobre o uso adequado dos bens que possuímos. “Exorta aos ricos do presente século a que não sejam orgulhosos, nem depositem a sua esperança na instabilidade da riqueza, mas em Deus que tudo nos proporciona ricamente para o nosso aprazimento, que pratiquem o bem, sejam ricos de boas obras, generosos em dar e prontos para repartir, que acumulem para si mesmos tesouros, sólido fundamento para o futuro, afim de se apoderarem da verdadeira vida.” I Tm 6.17-19

Deus é um Deus de toda alegria. Ele não é um desmancha-prazeres. As coisas materiais não são más, como dizia a velha filosofia grega, mas foram criadas também para nos dar prazer. O erro é pensar que elas foram criadas exclusivamente para isso. Veja como o texto bíblico acima é esclarecedor. Podemos desfrutar dos bens que possuímos, mas é necessário a prática do bem, as boas obras, a generosidade, o repartir, e especialmente o entesouramento para o futuro eterno, que ocorre por meio do desenvolvimento da intimidade com Deus através do conhecimento e especialmente da prática da sua Palavra. Precisamos assumir nossas responsabilidades cristãs.

Pensando nessas responsabilidades, deixo uma pergunta para sua reflexão: Qual seria a responsabilidade dos cristãos em relação à ecologia, à justiça e à espiritualidade? Em que o consumismo tem afetado essas nossas responsabilidades. Pense e ore a respeito disso.

Pr Enoch Júnior
 


Olhe para o alto. Veja os céus abertos.
DIP - Domingo da Igreja Perseguida
Religião sem Deus
O tempo da oportunidade é agora!
Onde estão os seus heróis?
Do que você realmente precisa?
De volta para o futuro!
Eu creio em uma igreja que cresce!
A Resposta Evangélica ao Cosumismo
Mandamentos de quem?
Consumir para Viver ou Viver para Consumir?
Encontro de Amizades Espirituais
Vergonha de ser virgem
Ana, a profetiza
Onde está o seu irmão?
A Ferramenta Favorita De Satanás
Você não precisa andar sozinho
Os Mega Desafios das Pequenas Igrejas
O que temos a ver com o assunto ecologia?
150 anos de Presbiterianismo no Brasil
Acolhei-vos...
Oferta Especial ao Senhor. Isso é Justo?
Quais devem ser meus motivos de oração?
Nossas Doutrinas

Rua André de Melo e Castro,195 | Nova Cachoeirinha | Belo Horizonte | (31) 3444.7707