FALE COM A NONA  
Somos uma igreja adoradora, bíblica, contemporânea, intercessora
missionária e receptiva para a glória de Deus


O que temos a ver com o assunto ecologia?
Muito pouco a comemorar! Tanto do ponto de vista técnico-ambiental quanto do ponto de vista político, econômico, social e cristão. No artigo do Rev. João Tonôco traz dados importantes e nos confronta com a nossa responsabilidade perante o criador para com o planeta.

05 de Junho: Dia Mundial do Meio Ambiente. Muito pouco a comemorar! Tanto do ponto de vista técnico-ambiental quanto do ponto de vista político, econômico, social e cristão. Há que considerar-se ainda o indesculpável pecado diante de um Deus justo e fiel que nos disse: “Tomem conta de toda a natureza criada”. Isto resume o mandato cultural de Deus, e com este Ele nos dá um recado bem claro: que nossas vidas e dos demais seres animados e inanimados devem ser cuidados por nós, caso contrário pereceremos. A sustentabilidade natural criada tem que ser preservada. Mas o que temos feito para “cuidar da natureza”, dos demais seres vivos, e da nossa terra como “fonte de mantimento”? (Gn 1:30). Vejamos o saldo:
Esgotamos a água de 1/5 da população do planeta. A quase totalidade dos rios do mundo recebem esgotos domiciliares, industriais, tóxicos e lixo urbano que matam. Temos hoje no Brasil 625 espécies de animais em estado de risco (em 1.968 eram apenas 13 espécies), 460 espécies foram extintas dos nossos mares; dos 100% da exuberante mata atlântica, só restam míseros 8% (como cuidar dos pássaros?). O aquecimento global (resultado da poluição de carros, indústrias, lixos etc.) já é responsável pela morte de 315.000 pessoas/ano. Mais mortes ocorrerão por mudanças climáticas que geram fome, doenças e desastres naturais. Essas conseqüências são mais drásticas para as populações pobres, registrando 45 milhões de famintos, o que saltará para 90 milhões nos próximos 20 anos. Cientistas reunidos na França em 2008 concluíram que se parássemos com essa perversa destruição, levaríamos 50 anos para, apenas, estabilizar esses danos.
Quando vamos perceber nossa omissão? Quando nossas igrejas vão investir em projetos que cuidem da criação? Ou não cremos na ira divina?
Rev. João Tinoco - Pastor na 3a IPBH, diretor do Projeto Água Viva, também é Phd. na área do Meio Ambiente e professor na UFV


Olhe para o alto. Veja os céus abertos.
DIP - Domingo da Igreja Perseguida
Religião sem Deus
O tempo da oportunidade é agora!
Onde estão os seus heróis?
Do que você realmente precisa?
De volta para o futuro!
Eu creio em uma igreja que cresce!
A Resposta Evangélica ao Cosumismo
Mandamentos de quem?
Consumir para Viver ou Viver para Consumir?
Encontro de Amizades Espirituais
Vergonha de ser virgem
Ana, a profetiza
Onde está o seu irmão?
A Ferramenta Favorita De Satanás
Você não precisa andar sozinho
Os Mega Desafios das Pequenas Igrejas
O que temos a ver com o assunto ecologia?
150 anos de Presbiterianismo no Brasil
Acolhei-vos...
Oferta Especial ao Senhor. Isso é Justo?
Quais devem ser meus motivos de oração?
Nossas Doutrinas

Rua André de Melo e Castro,195 | Nova Cachoeirinha | Belo Horizonte | (31) 3444.7707